red hot

Red Hot Chili Peppers regressam em 2015

Numa nova entrevista à revista Rolling stone, Flea revelou estar a preparar um novo álbum «introspectivo» e «dançável» com os Red Hot Chili Peppers.

«Temos escrito e ensaiado, arregaçado as novas mangas e ido para estúdio», contou o baixista australiano, que falou também à revista sobre a adaptação do novo guitarrista Josh Klinghoffer à banda, depois da saída de John Frusciante: «Não queríamos dar concertos até termos um novo disco. E, desta vez, está a correr melhor do que com o anterior», explicou, referindo-se à experiência de gravação do último álbum «I’m With You» (2011), que garante ser diferente da do disco que se encontram neste momento a gravar.

Flea revelou já ter uma estimativa de 30 canções gravadas, muitas das quais acabaram por não fazer parte do álbum. «Já estamos quase a acabar de escrever. Iremos para estúdio algures nos próximos meses», explicou, antes de se alongar sobre o conteúdo do disco. «É fixe. É super dançável, com cenas funk e com coisas muito introspectivas e bonitas. Sabe bem, meu, é divertido tocá-las».

O baixista recusou-se, no entanto, a avançar com uma data de lançamento: «Não quero dizer dizer algo e depois estar errado. Espero que daqui a um ano já tenhamos um disco cá fora e estejamos numa digressão mundial».

Brass Wires Orchestra, 11 Outubro, Texas Bar, Leiria, 5€

O disco de estreia de Brass Wires Orchestra, “Cornerstone”, irá ser apresentado ao vivo já no próximo dia 11 de Outubro no Texas Bar, em Leiria! :). Um concerto com o apoio da Rádio Alternativa 21.

Com apenas dois anos de existência, o grupo português de orquestra folk Brass Wires Orchestra já marcaram presença em vários palcos internacionais, como o Hard Rock Calling em 2012, Hyde Park (Londres), e nalguns dos principais festivais nacionais como o Optimus Alive.

Os Brass Wires Orchestra deram início ao revivalismo do folk de autoria nacional no final de Setembro de 2011. No seguimento de uma série de concertos sem o objetivo de elevar a banda para um patamar profissional, sentiram a necessidade de construir um conjunto de temas próprios que mais tarde acabariam por se tornar em hinos incontornáveis nos concertos BWO, como é o caso de “Tears of Liberty” ou “Wash My Soul”.

Gravado nos Black Sheep Studios por Makoto Yagyu (PAUS) e Fábio Jevelim (PAUS) e masterizado nos Abbey Road Studios (Londres) por Frank Arkwright (responsável pela masterização também do álbum Neon Bible, dos Arcade Fire), o álbum “Cornerstone” é composto por 10 temas originais e pode ser adquirido na plataforma iTunes ou escutado através do serviço de música em streaming Spotify.

Música Rock, indie e eletrónica